Notícias

07 de outubro de 2019

Paralisação da saúde: categoria reivindica calendário de pagamento dos salários atrasados




As mobilizações da saúde serão realizadas todas as sextas-feiras até o atendimento definitivo da pauta 

 A partir de decisão de assembleia, profissionais da saúde deliberaram paralisar todas as sextas-feiras até a divulgação do calendário definitivo de pagamento dos salários atrasados.

Na manhã desta sexta-feira, 27 de setembro, os servidores da saúde do Rio Grande do Norte promoveram um ato público em frente ao Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Participaram do movimento profissionais ativos e aposentados do HRTM, uma caravana de servidores de Natal e grevistas do DETRAN.

A categoria reivindica a apresentação de um calendário definitivo dos salários atrasados, que foi compromisso de campanha da atual governadora Fátima Bezerra (PT/PCdoB). Além disso, a direção do Sindsaúde RN critica duramente a iniciativa legislativa do governo, juntamente do IPERN e TCE, de extinguir a incorporação da insalubridade e dos demais adicionais para as futuras aposentadorias (que atualmente incidem na contribuição mensal dos servidores ao IPERN).

De acordo com a decisão tomada em assembleia, a categoria promete renovar a mobilização todas as sextas-feiras até o atendimento definitivo da pauta.

Em reunião junto ao governo também nesta manhã, o Fórum dos Servidores Públicos do Rio Grande do Norte tenta mais uma vez uma resolução para a crise estadual dos salários atrasados que se perpetua pelo ano de 2019.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 5861

  •