Notícias

12 de setembro de 2019

Setembro Amarelo: Sindsaúde destaca a importância do cuidado com a saúde mental




Segundo a OMS, nove em cada dez mortes por suicídio, poderiam ser evitadas

Nove em cada dez mortes por suicídio poderiam ser evitadas. Isso é o que dizem os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), reforçando a importância da valorização da vida e da conscientização sobre a saúde mental. Por isso, esta terça-feira, 10 de setembro, é considerado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Sendo assim, o Sindsaúde RN vêm a público reforçar que considera a prevenção uma das principais ferramentas no combate ao suicídio. No entanto, por mais que está data seja amplamente divulgada na mídia e pelas gestões governamentais com pronunciamentos e postagens em redes sociais, na realidade, pouco se investe na rede de atenção à saúde mental no Brasil.

Dia após dia, o que observamos é a precarização do Sistema Único de Saúde (SUS), o adoecimento dos trabalhadores, a falta de investimentos e o corte de verbas na rede pública que deveria ajudar no acolhimento e no tratamento das pessoas com ideações suicidas e com a saúde mental abalada. Faltam profissionais, psicólogos e psiquiatras, para atender e acompanhar a população.
Por isso, cobramos dos governos não só adesão as campanhas de prevenção ao suicídio, mas, políticas públicas concretas e postas em prática que conscientizem, acompanhem e cuidem da população com o objetivo de prevenir adoecimentos e mortes

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 9748

  •