Notícias

15 de maio de 2019

Servidores da saúde de Natal participam de assembleia no Sindsaúde




Assembleia unificada entre o Sindsaúde e Sindern foi marcada para o dia 22 de maio, às 9h, no auditório do Sindsaúde

Na manhã desta quarta-feira (15), os servidores da saúde municipal de Natal participaram de uma assembleia no auditório do Sindsaúde. Na ocasião, o setor jurídico do sindicato esteve presente para dar informes e uma assembleia unificada com o Sindern foi marcada para o dia 22 de maio.

A discussão teve inicio com o parecer jurídico de que a portaria 060, publicada na segunda-feira (6) em Diário Oficial, aumentando o número de plantões dos servidores efetivos de 9 para 10, é ilegal e inconstitucional. Sendo assim, o Sindsaúde já esta tomando as devidas providências para revogar este ataque.

Além disso, foi dado o informe sobre a audiência que aconteceu com o secretario o secretário de saúde de Natal, George Antunes, sobre as mudanças de nível, data base, qüinqüênio, aposentadoria integral, vale refeição, convocação dos candidatos aprovados no último concurso da SMS.

Encaminhamentos aprovados:

Participação no ato nacional da educação nesta quarta-feira (15) e a construção de uma grande greve geral para o dia 14 de junho.

Assembleia unificada entre o Sindsaúde e Sindern na quarta-feira, dia 22 de maio, às 9h, no auditório do Sindsaúde. Para discutir ações contra a portaria 060.

Comissão de servidores para irem na Câmara Municipal de Natal e cobrarem do Ministério Público e do Poder Executivo a derrubada da portaria 060.

Organização de atos em frente as principais unidades de saúde e percorrer os demais locais de trabalho para denunciar a portaria e os ataques do prefeito Álvaro Dias.

Sobre a possibilidade de abertura de todas as unidades de saúde no horário noturno o Sindsaúde firmou que é CONTRA. A prefeitura de Natal precisa antes de tudo dar segurança e uma contra partida financeira aos servidores.

 

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 7765

  •