Notícias

01 de junho de 2018

Dia de paralisação e luta pelo pagamento do salário: Servidores da saúde vão parar no dia 7 de junho




É hora de unificar as lutas. Em defesa dos direitos e do salário em dia!

Em virtude do não pagamento dos salários, os servidores da saúde estadual irão parar suas atividades na próxima quinta-feira (07). A categoria irá realizar um ato em frente à Governadoria para exigir do governador Robinson Faria (PSD) o pagamento dos salários em dia. Dessa forma, a assembleia financeira marcada para esse data será adiada.

O Sindsaúde também faz um chamado aos demais sindicatos e entidades para se somarem nessa luta. "Essa é uma luta de todos os sindicatos e servidores. Devemos seguir o exemplo dos caminhoneiros e dos Petroleiros que pararam em todo o País, fazendo uma forte greve em defesa dos seus direitos. Por isso, chamamos os sindicatos a se somarem nesse dia de paralisação. Só a unidade na luta é possível derrotar os ataques de Robinson, Temer e todos aqueles que ousam jogar a conta da crise em nossas costas", disse Manoel Egídio, Coordenador-geral do Sindsaúde-RN.

No dia 15 de maio, o Sindsaúde entrou com uma ação judicial solicitando que o Estado pague os servidores da saúde com verba Federal da fonte 162, destinada à saúde, que hoje, acumula-se em R$ 100 milhões. O sindicato solicitou que a verba seja destinada para o pagamento de salário de maio dos servidores da saúde da ativa e aposentados, o restante do 13º dos servidores que recebem acima de R$ 3 mil e o salário de abril dos aposentados que recebem acima de R$ 4 mil. Além disso, o pagamento dos próximos meses - com a continuidade da verba federal- aos servidores da ativa e aposentados.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 1375

  •